Raul Marcelo

Raul Marcelo começou a participar da política de Sorocaba na Igreja Católica, no grupo de jovens JOC (Juventude Operária Católica). Foi integrante do Diretório Acadêmico da Fatec e presidente do Centro Acadêmico de Letras da Uniso. Professor da rede pública, vereador por dois mandatos, atualmente exerce a advocacia, cursa mestrado em Economia e está como deputado estadual pela terceira vez.

Como parlamentar, se notabilizou pela fiscalização e combate à corrupção. Quando deputado, foi escolhido pelas universidades públicas de São Paulo para apresentar o Plano Estadual da Educação da Sociedade Civil. Autor de leis importantes, Raul trouxe recursos – mais de R$ 10 milhões – para saúde e educação na Região Metropolitana de Sorocaba (RMS). Inclusive, foi reconhecido pela imprensa como o parlamentar que mais trouxe investimentos para a região.

Casado há 15 anos com a advogada e professora universitária Elisa Rosa, Raul é católico e pai de três filhos (Raul Marcelo Junior, Ítalo e Nina).

Raul esteve no segundo turno da eleição de 2016, quando recebeu mais de 129 mil votos da população sorocabana. Além de fiscalizar o atual governo municipal, Raul assumiu como deputado em agosto de 2021 e também atua como advogado.

Nossas bandeiras

  • Lutar pelo impeachment de Bolsonaro
  • Meio Ambiente
  • Defender a Região de Sorocaba
  • Defender as vidas, os empregos e os direitos das brasileiras e dos brasileiros diante da pandemia de Covid-19.
  • Lutar contra o fascismo e a retirada de direitos dos trabalhadores.
  • Defender a educação pública e os professores.
  • Combater o racismo, o genocídio e o encarceramento em massa da população negra.
  • Defender o SUS e a ciência.
  • Agir para garantir respeito e serviços às pessoas com deficiência.
  • Defender a população de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transgêneros.
  • Defender a reforma agrária, a soberania alimentar, a agricultura familiar e a agroecologia.
  • Defender o financiamento público e independente da cultura com critérios democráticos nos editais.
  • Lutar pelo direito à cidade: reforma urbana, defesa dos movimentos de moradia e transportes e combate à especulação imobiliária.
  • Defender a excelência dos serviços públicos e dos servidores.
  • Revogar o decreto 65.021/20.
  • Votar contra o PLC 26/21.
  • Defender a Cultura como geração de emprego.
  • Apoiar o Movimento das Mulheres
  • Lutar pela Represa de Itupararanga
  • Fiscalizar o governo Manga.
  • Fiscalizar o governo Doria.
  • Apoiar os movimentos sociais.
  • Lutar pela demarcação das terras indígenas e quilombolas, em defesa dos recursos naturais e contra o agronegócio.
  • Ser contra as privatizações de órgão públicos, riquezas e bens brasileiros.
  • Lutar por um Orçamento justo e igualitário.
  • Batalhar por outro modelo de segurança pública, com participação popular.

Últimas notíticas