Cultura

·         Na Cultura, Raul Marcelo questionou em várias oportunidades o governo paulista apontando sugestões para a nossa Cultura seja valorizada da melhor forma possível. Nesse cenário, em 2016, Raul Marcelo cobrou o não fechamento de Oficinas Culturais no interior paulista, em especial a Oficina Cultural Grande Otelo, localizada em Sorocaba;

·         No início de 2018, em conversa com artistas sorocabanos, Raul Marcelo reforçou novamente o questionamento a respeito da Oficina Cultural, mas desta vez cobrando o funcionamento da “Grande Otelo”, no Centro de Sorocaba. Construído em 1940 e tombado como patrimônio histórico em 2014, o prédio recebeu atividades na área de teatro, dança, cinema e fotografia;

·         Outra ação do mandato foi em relação no bairro Árvore Grande, em Sorocaba. Desde a reintegração de posse no prédio do antigo centro de distribuição de laranjas (packing house) há mais de um ano, o espaço segue ocioso, sem a realização de atividades culturais voltadas à população sorocabana. O galpão e suas instalações pertencem ao Estado de São Paulo, embora a Prefeitura de Sorocaba, que deveria ter transformado em um polo cultural, ficou responsável pelo local de 2012 a 2014;

·         Raul conquistou R$ 65 mil para o coletivo O¹² para a realização de atividades, cursos e oficinas culturais e educacionais para a comunidade de Votorantim e região;

·  Raul garantiu R$ 300 mil para ampliar os projetos da Orquestra Filarmônica Jovem de Sorocaba, que faz um trabalho belíssimo na Fundec de Sorocaba.