19.06.2021

Siga Raul Marcelo

Raul Marcelo

Informações/contato/denúncias
 (15) 3411-3465 / (11) 3886-6500
 contato@raulmarcelo.com.br
 (15) 98812-9396

LDO 2018 é discutida e Raul Marcelo critica governo que concedeu R$ 15 bi em isenções fiscais só no ano passado

28/06/2017


 

O projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o exercício de 2018 já está sendo discutido pelos deputados na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp). Segundo análise do nosso mandato, um dos pontos mais críticos é o governo estadual deixar de receber R$ 15 bilhões – valor que corresponde a 2016 – com renúncias fiscais. O deputado estadual Raul Marcelo (PSOL) pronunciou (veja o vídeo abaixo) sobre esta questão nesta terça-feira (27). (mais…)

Raul Marcelo repercute na Alesp crise política que envolve a Prefeitura de Sorocaba

27/06/2017


 

O deputado estadual Raul Marcelo (PSOL) repercutiu nesta terça-feira (27), durante sessão na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), um episódio classificado como de assédio moral e de possível violência física em Sorocaba que envolveu o prefeito José Crespo e a vice-prefeita Jaqueline Coutinho. Segundo Jaqueline, Crespo a humilhou durante reunião em que ela questionou a respeito de uma assessora que supostamente não teria diploma escolar.

 

“Não é conduta de um agente público segurar a mão de uma pessoa, depois empurrá-la e, por fim, chamar um guarda municipal para retirá-la da reunião. Além de protagonizar, Crespo a humilhou mandando-a ser vice em casa. São atitudes machistas que cabem um boletim de ocorrência por parte da vítima (Jaqueline)”, disse.

 

Raul Marcelo também mencionou a representação protocolada nesta segunda-feira (26), no Ministério Público, que solicitou ao órgão que apure um possível crime de prevaricação (319 do Código Penal, que consiste em deixar de praticar ato de ofício para satisfazer interesse próprio) ou, até mesmo, de condescendência criminosa (320 do Código Penal, que deixa de levar o fato ao conhecimento da autoridade competente).

 

Antes de ocupar o cargo no Executivo, a vice-prefeita atuou como titular da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Sorocaba. Durante a campanha eleitoral, defendeu a criação do botão do pânico para ajudar as mulheres vítimas de violência doméstica.

 

Sobre o caso

 

As possíveis irregularidades de uma comissionada foram reveladas pela vice-prefeita Jaqueline, e foram motivo de um desentendimento com o prefeito José Crespo no Paço. Em entrevista à imprensa da cidade, Jaqueline disse que recebeu uma denúncia anônima sobre o suposto uso de diploma irregular por parte da assessora e realizou uma pesquisa sobre a escolaridade da servidora comissionada.

 

Jaqueline afirma que fez pesquisa pessoalmente na Escola Superior de Administração, Marketing e Comunicação (Esamc), onde a comissionada teria feito o curso superior. Ela também buscou informações no Diário Oficial do Rio de Janeiro, sobre o certificado do diploma de nível médio; e no sistema Gestão Dinâmica de Administração Escolar (GDAE), da Secretaria Estadual da Educação de São Paulo, sobre o ensino fundamental. Nessa plataforma, a vice disse constar que a assessora parou seus estudos na 6ª série do fundamental.

 

TCE aprova com ressalvas contas de Alckmin e Raul Marcelo defende investigação na Alesp

22/06/2017


 

Os conselheiros do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE) aprovaram, por unanimidade, nesta quarta-feira (21), as contas referentes ao ano de 2016 do governador Geraldo Alckmin (PSDB), com ressalvas e apontando de problemas graves quanto aos gastos públicos. A decisão do Tribunal é remetida para a Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), que fará o julgamento definitivo. (mais…)

Em Sorocaba, professor Plínio Sampaio Jr. fala sobre a conjuntura político-econômica do Brasil e Raul Marcelo

21/06/2017


 

O professor do Instituto de Economia da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Plínio de Arruda Sampaio Jr., esteve em Sorocaba nesta terça-feira (20) para lançar seu mais novo livro “Crônica de uma crise anunciada: crítica à política econômica de Lula e Dilma“ e participar de um debate realizado no campus Sorocaba da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), que também teve a presença do professor Eduardo Pinto e Silva, do Departamento de Educação da UFSCar campus São Carlos.

 

Mas antes de comparecer na atividade, o mandato do deputado estadual Raul Marcelo (PSOL) o entrevistou para tratar de assuntos como conjuntura política e econômica do Brasil, Eleições Diretas, Greve Geral que acontece em 30 de junho (sexta-feira) e o trabalho desenvolvimento por Raul Marcelo no Estado de São Paulo.

 

Segundo Plininho, o ajuste liberal não resolve nenhum problema fiscal. “E isso é claríssimo no caso brasileiro, em que o corte de gasto tem um efeito multiplicador na economia de contrair a receita muito acima do corte de gasto original”, disse. “Enquanto a burguesia não reciclar seu padrão de dominação, a incerteza política realimenta a incerteza econômica, pois os empresários olham e não sabem para onde o país vai. Assim, a crise econômica e a crise política se realimentam, criando um círculo vicioso”, completou.

 

Sobre Plínio Sampaio Jr.

 

Plínio de Arruda Sampaio Jr. é professor livre-docente do Instituto de Economia da Universidade Estadual de Campinas (IE/Unicamp). Com pesquisas na área de história econômica do Brasil e teoria do desenvolvimento, dedica-se ao estudo do impacto da globalização capitalista sobre a economia brasileira. Membro do conselho editorial de diversas revistas acadêmicas, entre as quais, Novos Temas e Marxismo XXI, possui dezenas de artigos, publicados no Brasil e no exterior. É autor de Entre a nação e a barbárie: os dilemas do capitalismo dependente (Vozes, 1999); e organizador dos livros Capitalismo em crise: a natureza e dinâmica da crise econômica mundial (Sunderman, 2009); e Jornadas de Junho: a revolta popular em debate (ICP, 2014).

 

Página 28 de 52« Primeira...1020...2627282930...4050...Última »

Vídeos

ver mais