25.11.2017

Siga Raul Marcelo

Raul Marcelo

Quinta audiência sobre Plano Estadual de Educação é realizada em Santos

26/10/2015 0

Quinta audiência sobre Plano Estadual de Educação é realizada em Santos

Like 0

 

A quinta audiência pública sobre o Plano Estadual de Educação (PEE) aconteceu na tarde desta segunda-feira, 26, na Câmara dos Vereadores de Santos-SP. Essa foi a quinta de uma série de seis encontros organizados pela Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), nas Câmaras Municipais de cidades paulistas, em que se discutirão os principais aspectos e diferenças entre o plano apresentado pelo governo Estadual e o elaborado por entidades de educação e apresentado por Raul no Projeto de Lei nº 1035/2015.

 

A mesa da audiência foi presidida pela deputada estadual Leci Brandão, vice-presidente da Comissão de Educação e Cultura da Alesp e composta por Maria Isabel de Azevedo, presidente da Apeoesp, deputada Telma de Souza, deputado João Paulo Rillo, professor João Cardoso de Palma Filho, representante do Fórum Estadual de Educação, Ergon Cugler, representante da União Paulista dos Estudantes Secundaristas (Upes) e professor Otaviano Helene, representante da Adusp. O representante da secretaria do Estado da Educação não compareceu e o vereador Manoel Constantino dos Santos, presidente da Câmara Municipal de Santos foi convidado a dar uma palavra.

 

O público acompanhou os argumentos e propostas dos representantes que compuseram a mesa e teve espaço para manifestar suas sugestões e reclamações. O representante da Adusp, Otaviano Helene, explicou que o PEE apresentado no PL 1035/2015 parte de um diagnóstico da educação paulista e observa que a educação paulista é construída para ser excludente. “Nós estamos, no Estado de SP, construindo, com a política do governo estadual, o atraso, a segregação e a discriminação e tudo mais que vem junto com essas questões. (…) E essa política é construída pela falta de recursos. (…) E não é uma inviabilidade econômica. Não há um problema econômico. Se não se investe, é porque é para não se investir”, reforça o professor.

 

A próxima audiência sobre o PEE acontece nesta terça -feira, 27, em São Paulo, às 14 horas, no Auditório Paulo Kobayashi, da Alesp, e será a última audiência oficial. No entanto, por entender a importância do processo de discussão do que considera “o projeto mais importante em trâmite na Assembleia”, o deputado Raul Marcelo continuará participando de audiências organizadas por entidades e universidades. Depois da audiência oficial em São Paulo, a próxima audiência independente acontecerá em Campinas, na Unicamp.

Vídeos

ver mais