23.07.2018

Siga Raul Marcelo

Raul Marcelo

Informações/contato/denúncias
 (15) 3411-3465 / (11) 3886-6500
 contato@raulmarcelo.com.br
 (15) 98812-9396

Deputado Raul Marcelo pronuncia repúdio ao programa de “reorganização” escolar

26/11/2015


 

Na última quarta-feira, 25, o deputado estadual Raul Marcelo pronunciou, na tribuna da Assembleia Legislativa de SP (Aleps) sua indignação quanto ao programa de “reorganização” das escolas imposto pelo governo Alckmin.

 

No pronunciamento, Raul chamou atenção para os prejuízos implantados nas escolas públicas no caso de a “reorganização” ser concretizada e citou dois exemplos que lhe chamaram a atenção durante as visitas feitas nos prédios ocupados pelos estudantes em Sorocaba e região.

 

O primeiro caso trata da Escola Estadual Hélio Del Cistia, única escola inteiramente adaptada para portadores de necessidades especiais e que conta. A escola, que conta com ensino médio noturno, terá, segundo o projeto do governador, o ensino médio desativado, o que obrigará os cadeirantes e demais alunos do ensino médio a se deslocarem para escolas não adaptadas.

 

No segundo caso, o deputado chama atenção para a Escola Estadual Selma Maria, em Votorantim, localizada num bairro de trabalhadores que deve ter o ensino médio noturno fechado. “Todos esses trabalhadores conseguem reunir forças após uma jornada duríssima de trabalho para estudar por mais quatro horas e construir seu futuro e o futuro do estado de SP, não terão mais a opção de estudar na escola da comunidade porque o governador e seu secretário tiveram a ‘brilhante ideia’ de fechar salas de aula em mais de 750 escolas do Estado além de extinguir 94 escolas”.

 

Raul encerra seu pronunciamento explicando o que considera óbvio. Para ele, o problema da educação paulista é a carreira de docente desvalorizada e, consequentemente, não atrativa. “Pagar R$2.400 por 40 horas de trabalho para um professor, obrigada os profissionais a trabalharem em várias escolas ou na iniciativa privada, fazendo com que a rede pública seja um ‘bico’”, reforça.

 

O deputado Raul Marcelo parabenizou mais uma vez os estudantes que ocupam as escolas e dizem, através dessa atitude, “que a escola é do povo de São Paulo e não do PSDB”.

“Oh hô, ah há, escola não vai fechar”

19/11/2015


Com esse grito de guerra, cerca de mil estudantes de várias escolas de Sorocaba percorreram, na manhã desta quinta-feira, 19, as ruas da cidade, em manifestação contra a “reorganização” escolar que implicará no fechamento de cinco escolas.
A mobilização envolve alunos, pais, professores e outros funcionários do sistema público de educação estadual, além de representantes do sindicato dos professores (Apeoesp) e coletivos populares.

 

O protesto teve início na Zona Norte da cidade, onde está localizada a Escola Estadual Lauro Sanches, ocupada desde a noite dessa quarta-feira, 18. De lá, os estudantes seguiram até o centro, prestaram solidariedade à Escola Estadual Antônio Padilha, destinada a perder as classes de Ensino Fundamental e, em seguida, ocuparam a Diretoria Regional de Ensino, órgão responsável pela gestão da rede estadual na cidade.

 

O deputado estadual Raul Marcelo acompanhou a trajetória a partir do centro da cidade e declarou “total solidariedade e apoio aos estudantes que estão organizando as manifestações contra a reorganização escolar”.

Página 43 de 49« Primeira...102030...4142434445...Última »

Vídeos

ver mais