20.08.2017

Assine Raul Marcelo

Raul Marcelo

Raul Marcelo participa do programa Assembleia Convida

12/14/2015


O deputado estadual Raul Marcelo participou do programa Assembleia Convida, da TV Alesp, junto com os professores, Luiz Carlos de Freitas e Evaldo Piolli, da Faculdade de Educação da Unicamp, convidados para tratar da qualidade da Educação no Estado. O programa abordou o Plano Estadual de Educação, “Reorganização Escolar” e políticas públicas. Confira:

Contra fechamento de unidades do Sabe Tudo, em Sorocaba, Raul Marcelo encaminha representação ao MP

12/09/2015


 

Na tarde desta quarta-feira, 09, com base em notícias amplamente veiculadas pela mídia, o deputado estadual Raul Marcelo apresentou, ao Ministério Público (MP), uma representação contestando o fechamento das unidades do Sabe Tudo, determinado pelo prefeito de Sorocaba, Antonio Carlos Pannunzio (PSDB).

 

O anúncio do fechamento de todas as 31 unidades do projeto foi feito nesta semana e não foi precedido de nenhuma discussão com a comunidade, o que desrespeita o artigo 14 da LDB, Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei nº 9.394/1996).

 

Responsável pela formação de mais de 50 mil jovens sorocabanos, o programa oferece cursos de informática básica e avançada, contribuindo para o desenvolvimento educacional e profissional da juventude.

 

No documento apresentado, Raul chama atenção para o “desrespeito à Moralidade Pública, princípio Constitucional, tendo em vista que o atual prefeito veiculou, durante sua campanha eleitoral, propagandas dizendo que iria ampliar as unidades do Sabe Tudo em Sorocaba”. (Campanha eleitoral do atual prefeito, em 2012, disponível no link:https://www.youtube.com/watch?v=9bv6JqIhvu0 e, no minuto 5.45, no link: https://www.youtube.com/watch?v=B52O7v-ja4M).

 

O documento apresentado pelo deputado Raul Marcelo, baseia-se nos direitos das crianças e dos adolescentes, nas determinações do Conselho Municipal de Educação do Município e na atuação do MP em casos de desrespeito ao Princípio da Gestão Democrática da Educação e da Moralidade Pública.

 

Para Raul, “A decisão, sem nenhum debate com a comunidade, de encerrar um programa que oferece cursos de cidadania e informática é imoral, já que, na campanha eleitoral de 2012, o atual prefeito defendeu a ampliação e não o fechamento das unidades do Sabe Tudo. Além disso, a atitude implicará em danos significativos ao desenvolvimento educacional das crianças e adolescentes do município”, afirma.

 

Acesse a representação aqui.

Deputado Raul Marcelo parabeniza à todos os estudantes, professores e pais que foram às ruas e ocuparam escolas em todo o estado contra a “reorganização escolar”.

12/04/2015


 

Acreditamos que a suspensão da reorganização anunciada pelo governador Geraldo Alckmin foi uma vitória da luta dos estudantes.

 

A suspensão da reorganização significa que neste momento se estancou o processo de privatização da rede de ensino.

 

Vencemos essa batalha, mas a luta em defesa da escola pública precisa continuar.

 

Nosso mandato continuará acompanhando essa discussão e vamos exigir a revogação do decreto do Alckmin que criou a reorganização. Esse decreto ainda não foi revogado pelo governador, por isso precisamos seguir vigilantes.

Deputado Raul Marcelo pronuncia repúdio ao programa de “reorganização” escolar

11/26/2015


 

Na última quarta-feira, 25, o deputado estadual Raul Marcelo pronunciou, na tribuna da Assembleia Legislativa de SP (Aleps) sua indignação quanto ao programa de “reorganização” das escolas imposto pelo governo Alckmin.

 

No pronunciamento, Raul chamou atenção para os prejuízos implantados nas escolas públicas no caso de a “reorganização” ser concretizada e citou dois exemplos que lhe chamaram a atenção durante as visitas feitas nos prédios ocupados pelos estudantes em Sorocaba e região.

 

O primeiro caso trata da Escola Estadual Hélio Del Cistia, única escola inteiramente adaptada para portadores de necessidades especiais e que conta. A escola, que conta com ensino médio noturno, terá, segundo o projeto do governador, o ensino médio desativado, o que obrigará os cadeirantes e demais alunos do ensino médio a se deslocarem para escolas não adaptadas.

 

No segundo caso, o deputado chama atenção para a Escola Estadual Selma Maria, em Votorantim, localizada num bairro de trabalhadores que deve ter o ensino médio noturno fechado. “Todos esses trabalhadores conseguem reunir forças após uma jornada duríssima de trabalho para estudar por mais quatro horas e construir seu futuro e o futuro do estado de SP, não terão mais a opção de estudar na escola da comunidade porque o governador e seu secretário tiveram a ‘brilhante ideia’ de fechar salas de aula em mais de 750 escolas do Estado além de extinguir 94 escolas”.

 

Raul encerra seu pronunciamento explicando o que considera óbvio. Para ele, o problema da educação paulista é a carreira de docente desvalorizada e, consequentemente, não atrativa. “Pagar R$2.400 por 40 horas de trabalho para um professor, obrigada os profissionais a trabalharem em várias escolas ou na iniciativa privada, fazendo com que a rede pública seja um ‘bico’”, reforça.

 

O deputado Raul Marcelo parabenizou mais uma vez os estudantes que ocupam as escolas e dizem, através dessa atitude, “que a escola é do povo de São Paulo e não do PSDB”.

Página 24 de 30« Primeira...10...2223242526...30...Última »

Vídeos

ver mais